22 de mai de 2011

Santuário

Quando talvez não me encontre,
não me procure
no escuro onde me escondo:
não é seguro (aqui há monstros).
Aqui, apenas vento frio,
água parada, rocha dura.
E nós, os monstros.